01.Economia de Energia:

O emprego dos painéis PANISOL reduz drasticamente as transmissões de calor através da cobertura e das paredes. Sua utilização possibilita a aquisição de equipamentos de ar condicionado com uma potência 40% menor do que a usual e consequentemente, há uma redução proporcional no consumo de energia elétrica durante o seu uso.

 

02. Peças sob medida:

Os painéis PANISOL são fornecidos nos comprimentos especificados pelo cliente. A única limitação que existe é imposta pelo transporte pois telhas com comprimentos de até 12 m podem ser transportadas em carretas convencionais, enquanto que telhas com até 17 m necessitam carretas extensivas.

 

03. Redução de Perdas:

As perdas, que na construção civil são de aproximadamente 30%, podem ser praticamente eliminadas.

 

04. Economia de Mão-de-Obra e Rapidez de Montagem:

Nos telhados convencionais é necessária a instalação de isolamento térmico e, também, de um forro, o que pode ser eliminado com a utilização das telhas térmicas PANISOL. Assim a montagem do telhado é feita com economia de mão-de-obra e, também, com maior rapidez. 

As peças são leves, de fácil manuseio e muito resistentes e sua fixação é feita em média com apenas 1,5 parafusos por m2.

Como os painéis são entregues sob medida, eliminam-se perdas e recortes e, além disso, com uma equipe de 5 homens montam-se, aproximadamente, 800 m2 por dia.

 

05. Peso Reduzido:

O peso próprio de 4 a 12 kg/m2 permite uma redução da carga no cálculo da estrutura e fundações. 

 

06. Vãos Livres:

Devido à resistência do material, os vãos podem ser de 3 a 6 m.

 

07. Resistência Mecânica:

Resistem a esforços de até 140 kg/m2 equivalente a uma velocidade de vento de cerca 100 km/h.

 

08. Rapidez de entrega:

Seu avançado processo de fabricação permite o fornecimento de cerca de 100.000 m2 de painéis por mês garantindo um pronto atendimento a nossos clientes.

 

09. Desenho Moderno:

De tecnologia italiana, os painéis PANISOL possuem desenho moderno com perfis específicos para cada aplicação: 

ISOCOBERTURA e ISOGREGA: tem a chapa superior trapezoidal, em perfil próprio paracobertura e a inferior plana que elimina a necessidade de forros estéticos. Podem ser usados como cobertura ou fechamento lateral.

 

ISOMÓDULO: tem as duas faces planas e pode ser utilizado como forro ou divisória necessitando pouca estrutura de sustentação.

 

ISOPAREDE: possui as duas faces planas e encaixe tipo macho e fêmea que permite esconder os parafusos de fixações e garante estanqueidade de paredes externas e excelente resistência para forros.

 

ISOFRIGO: com perfil semelhante ao Isomódulo e espessuras até 120 mm, indicado para câmaras frias e frigoríficas.

 

ISOKRAFT: são placas de poliuretano com comprimentos sob medida e revestidas com papel Kraft em ambas as faces.

 

10. Espessuras Variáveis:

Dependendo da finalidade a que se destinem, os painéis PANISOL, podem ser fabricados com espessuras desde 30 até 120 mm.

 

11. Chapas Metálicas:

Alumínio

As chapas metálicas de alumínio são sempre pré-pintadas ou envernizadas nas faces que ficarão expostas e recebem uma camada de "wash primer" na face em que adere a espuma. Isto garante a perfeita aderência entre a chapa e a espuma pois o "wash primer" serve como superfície de ligação. 

Além disso, não surgirão manchas escuras que normalmente ocorrem durante o transporte ou armazenagem do alumínio natural, pois no material pré-pintado ou envernizado existe uma película protetora que não permite o contato direto do ar e da umidade com o metal.

Aço Galvalume:

As chapas de aço galvalume também podem ser pré-pintadas ou não, apresentando ótima resistência mecânica, vencendo grandes vãos.

 

12. Durabilidade:

O material isolante não é higroscópio, ou seja, praticamente não absorve água, portanto, mantém por muitos anos as suas características de isolamento térmico.  

Além disso, mesmo que venha a ocorrer uma pequena perfuração na chapa superior, a água não atravessa a camada de espuma da telha evitando, assim, infiltrações e/ou vazamentos na parte interna do telhado.

 

13. Processo de Produção:

A PANISOL utiliza uma linha contínua para produzir seus painéis isolantes. Este equipamento, único na América do Sul, garante um preenchimento completo e uniforme sem espaços vazios no interior dos painéis.  

Desta forma, esse processo permite uma densidade uniforme da espuma dentro das especificações técnicas exigidas, para um perfeito isolamento térmico e resistência mecânica.

É importante ressaltar que essas características não são mantidas nos painéis produzidos através de processo manual.

Clique aqui para saber mais sobre nosso processo de produção.

 

14. Material Isolante:

A espuma de poliuretano nos painéis PANISOL é produzida a partir de componentes exclusivamente formulados pela Bayer para nossa empresa o que garante a excelente qualidade de nossos painéis. 

 

15. Baixa absorção de água:

De acordo com o ensaio DIN 53428 a absorção de água pela espuma de poliuretano sem revestimento, é de cerca de 1% de seu volume. No caso de estar revestida por chapas metálicas, como ‚ o caso do painel PANISOL, a absorção é ainda menor.

 

16. Baixo coeficiente de condutibilidade:

O coeficiente de condutibilidade é dos mais baixos entre os materiais de construção hoje utilizados. 

 

Material K (Kcal/hmC)

Concreto Celular 0,300

Cimento Amianto 0,130

Argila Expandida 0,120

Aglomerado de Madeira 0,061

Fibra de Amianto 0,045

Cortiça expandida 0,035

Fibra de Vidro 0,032

Poliestireno Expandido 0,031

Poliestireno Extrudado 0,030

Lã de Rocha 0,030

Poliuretano    0,018

 

Observação: Valores menores significam maior capacidade de isolamento térmico.